Chuva

(Falamansa)

Você que tem medo de chuva,
Você não é nem de papel

Ou muito menos feito de açucar

Ou algo parecido com mel.


Experimente tomar banho de chuva

E conhecer a energia do céu

A energia dessa água sagrada

Que nos abençoa da cabeça aos pés.
 

Oh chuva, eu peço que caia devagar

Só molhe esse povo de alegria

Para nunca mais chorar,

Para nunca mais chorar.